Direito à Homoparentalidade


.: Apresentação e informações acerca do projeto Direito à Homoparentalidade.

27.4.05

Espanha desafia Igreja e aprova casamento homossexual


MADRI (Reuters) - Os deputados espanhóis aprovaram na quinta-feira um projeto de lei que legaliza os casamentos homossexuais no país, o que deve reacender um conflito com a Igreja Católica, que acaba de eleger um papa conservador.

A galeria do Parlamento, lotada, explodiu em gritos e aplausos quando o presidente da sessão anunciou a aprovação da proposta, feita pelo governo socialista, que torna a Espanha o terceiro país da Europa a autorizar os casamentos homossexuais.

"É injusto ser um cidadão de segunda classe por causa do amor", disse a deputada socialista Carmen Montón. "A Espanha se une à vanguarda dos que defendem a total igualdade para gays e lésbicas."

A proposta, parte de um pacote governamental de leis socialmente liberais, indignou a Igreja espanhola e certamente vai desagradar ao papa Bento 16, eleito na terça-feira. Quando era prefeito da Congregação da Doutrina da Fé, responsável por manter a ortodoxia da Igreja, o então cardeal Joseph Ratzinger disse que as uniões homossexuais estão destruindo o conceito de casamento e a identidade social européia.

A lei, aprovada por 183 a 136 votos, ainda precisa ser submetida ao Senado e a um novo turno de votação entre os deputados, mas isso parece ser apenas uma formalidade.

Mas a Suprema Corte espanhola decidiu, em caráter não-obrigatório, que o casamento homossexual é inconstitucional, o que pode abrir uma batalha jurídica.

Só o conservador Partido Popular e um grupo nacionalista cristão da Catalunha se opuseram à lei.

Eduardo Zaplana, porta-voz do Partido Popular, disse que o grupo defende direitos iguais e uniões civis para homossexuais. "Mas é uma coisa bastante diferente que uma instituição antiga como o casamento, que é fundamental para a organização da sociedade, tenha de ser exatamente a mesma [para homossexuais]", afirmou.

FESTA NAS RUAS

Dezenas de ativistas se reuniram em frente ao Parlamento para comemorar. "É uma emoção incrível", disse Antonio Poveda, do grupo Lambda. "Vou me casar pelo ativismo, pelo amor e por uma questão de dignidade."

Em nota, os bispos do país disseram que a nova lei "prejudica o bem comum" e ameaça a ordem social.

Gaspar Llamazares, líder da pequena coalizão Esquerda Unida, disse que o resultado da votação foi uma grande notícia para a Espanha. "É um avanço importante no que poderíamos chamar de caráter laico do nosso país", afirmou ele à Reuters.
A lei dá às uniões homossexuais o mesmo status das heterossexuais, inclusive com direito a herança, pensões e adoção de filhos.

Por uma margem esmagadora, os deputados também aprovaram um projeto que agiliza o divórcio e facilita que pais separados compartilhem a custódia dos filhos.

Autoridades eclesiásticas de primeiro escalão criticam as medidas liberais do governo de José Luis Rodríguez Zapatero, que também incluem menos restrições ao aborto e a autorização para pesquisas com células-tronco. Mas essas propostas agradam aos jovens, entre os quais menos 20 por cento são católicos praticantes.

Zapatero, que diz ter boas relações com a Igreja, afirmou na quinta-feira que vai respeitar as opiniões do papa Bento 16. "Se o novo papa diz algo, estou preparado para respeitar o que ele diz", afirmou em entrevista coletiva.

Durante a ditadura católica de Francisco Franco (1939-75), o divórcio, a homossexualidade e o aborto eram ilegais. Desde a morte dele, porém, o país adotou posturas que estão entre as mais liberais da Europa. No ano passado, uma pesquisa mostrou que 70 por cento dos espanhóis apóiam o casamento gay.

Em janeiro, o papa João Paulo II alertou os bispos espanhóis contra a crescente mentalidade laica na Espanha, que estaria chegando a ponto de "restringir a liberdade religiosa e até mesmo promover o desdém e a ignorância da religião".

Por Emma Ross-Thomas

• • • • •

Comments:
Sabemos que Deus criou homem e mulheres,para viverem um com outro...Nao estamos desreispeitando isso,simplesmente cada ser tem o direito de viver aquilo que se faz sentir feliz,te deixam bem,te faz se sentir completo,por isso deu livre arbitrio aos homens,agora quem podes apontar quem,o unico problema e que alguns se assumem outros se reprimem por medo da familia,sociedade,ou de se entregar aquilo que sabes que verdadeiramente querem pra si e que sao homos,ai atacam quem por ser feliz lutam por seus direitos,olha vamos deixa a burguesia de lado e ser feliz seja vc mesmo e pronto,deixe que Deus quando vier faça seu julgamento parem de querer ser *Ele*,pq por muito das vezs querem julgar como se*ELE*fosse de guerra,pois ano es e DEUS de justiça divida a do homem sabemos foram criadas por nos mesmos pq nao olham quantas pessoas sao injustamente maltradas,com fome,sendo julgadas com injustiça,condenadas as vezes sem ter direito de defesa,quantas pessoas que foram escolhidas pra nos defender e vivem na corrupçao,poxa vamos viver a realidade e uma so,seja vc mesmo viva tua vida e deixe que os outros façam suas diferenças serem comuns pq sao tao gente como muitos por ai sabemos disso,que Deus,faça seu julagamento no juizo final parem de querer ser como *ELE*porque nao sao,pq agem diferente,sao capazes de massacrar,*Ele*nao,sao capazes de ferir,*ELE* nao,sao capazes de errarem e nao admitir seus erros,*ELE*nao,nao es DEUS mentira e nem tao pouco de guerra entao vivam em paz e permitam que os outros possam viverem desde que saibam tbm seus lugares,concordo,assim tens que ser,ser feliz e mais nada,seja tbm liberte seu coraçao que sejam felizes todos os que desejam se assumir e viverem tua propria vida,larguem essas mascaras e façam o mesmo sejam voces...Desde ja agradeço a todos,peço desculpas aos nao concordantes e um bom dia,boa tarde ou boa noite que seja obrigados pela atençao simplesmente essa es minha opiniao....
 
Postar um comentário



Projeto Direito à Homoparentalidade


Jad Fair's Artwork



.: Coordenação Técnica: Elizabeth Zambrano

.: Patrocínio: THE JOHN D. AND CATHERINE T. – MACARTHUR FOUNDATION;

.: Apoio: PROSARE / CCR /CEBRAP

.: Contato: homoparentalidade@terra.com.br


...


.: Currículo Lattes Pesquisadores

Elizabeth Zambrano
Nádia Meinerz
Roberto Lorea
Leandra Mylius


...


.: Outro artigos publicados

Transexualismo e Cirurgia de Troca de Sexo no Brasil: diálogo entre a Medicina e o Direito.



 

WebMaster: Priscila Borges.